Sarcopenia: Um problema que afeta os músculos.

A perda progressiva de massa magra e da força muscular, denominada sarcopenia, tem consequências graves, porém pouco perceptíveis antes da terceira idade.

Segundo Maria Aquimara Zambone Magalhães, nu – tricionista do Instituto Central do Hospital das Clínicas (ICHC) e mestranda na área de sarcopenia em idosos, pela Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), o processo de declínio da massa muscular tem iní- cio a partir dos 30 anos, momento natural do envelhecimento humano.

A sarcopenia torna-se um problema quando a pessoa fica menos ativa, passa a ter dificuldades para caminhar e passa mais tempo acamada, com mobilidade e funcionalidade afetadas. “É preciso trabalhar com a prevenção, pois, depois que o problema se instala, o idoso tem dificuldade para realizar ações simples do dia a dia, como subir escadas, carregar peso, levantar-se da cadeira ou da cama, por causa da diminuição da força, provocada pela perda da massa muscular corpórea”, explica Maria.

Para o professor doutor Antonio Herbert Lancha Júnior, coordenador do Laboratório de Nutrição e Metabolismo da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE-USP), é comum as pessoas não darem atenção para a atividade física de força e para o treinamento mais intenso, que são as adequadas para o idoso e essenciais para prevenir a perda da massa muscular. “O idoso tende a não se expor a novos estímulos e à atividade física. Isso tem reflexos em sua capacidade motora. A consequência é a perda do controle espacial e, sem esse acervo motor, ele não consegue fugir dos obstáculos que se apresentam à sua frente”, explica.

Veja a notícia na íntegra.

 

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar