PM homenageia os 60 anos de mulheres na corporação

São Paulo, década de 1950. A funcionária pública Iara Duarte está preocupada com o futuro. Na ocasião, queria melhorar o salário que recebia como professora primária substituta. “Foi quando soube que iria abrir vagas no policiamento feminino de São Paulo. Fiz a inscrição e fui aprovada”, relembra. “Nossa missão era cuidar de mulheres e crianças, tarefa à qual eu já estava acostumada.” Hoje, Iara Duarte Fuchs, a coronel Iara é um dos ícones da instituição. Aos 86 anos, ainda encontra tempo para advogar. “São 40 anos na luta pelos direitos das pessoas”, diz com sua voz de comando.

– Leia na íntegra, clique aqui!

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar