Movimento Unificado busca apoio na S.P.T.C.

Na tarde deste dia 3 de maio, os integrantes do Movimento Unificado S.O.S. Segurança Pública, formado pelas lideranças do Sindicato dos Trabalhadores em Telemática Policial do Estado de São Paulo; Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo; Sindicato dos Peritos Criminais do Estado de São Paulo; Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo; Sindicato dos Escrivães de Polícia do Estado de São Paulo e Associação dos Médicos Legistas do Estado de São Paulo, estiveram reunidos durante mais de uma hora com o Superintendente da Polícia Técnico Cientifica do Estado de São Paulo, Ivan Dieb Miziara, com o objetivo de levar ao conhecimento daquela autoridade todo o trabalho que vem sendo desenvolvido em prol das legítimas e urgentes reivindicações em prol de todas as carreiras que integram a Polícia Civil, assim como a Polícia Técnico Científica do Estado de São Paulo.

O presidente do Sindicato dos Peritos Criminais, Eduardo Becker, fez a entrega do ofício, solicitando o apoio do Superintendente da SPTC à pauta apresentada, qual seja:

I – Reajuste Salarial calculado pelo DIEESE, conforme inflação acumulada de janeiro de 2014 a março de 2016;

II – Convocação, nomeação e posse imediata dos candidatos aprovados nos últimos concursos da Polícia Civil e Polícia Técnico Científica e abertura imediata de concurso público para todas as carreiras;

III – Cumprimento da Lei Complementar Federal 51/85, com as alterações inseridas pela Lei Complementar 144/2014, que trata da Aposentadoria Especial dos integrantes da Polícia Civil e Polícia Técnico Científica, com integralidade e paridade de proventos, tornando sem efeito a inconstitucional Resolução Conjunta Estadual nº 03.

O Superintendente Ivan Miziara fez uma longa explanação dos estudos desenvolvidos pela SPTC com vistas a apurar as reais defasagens existentes, em termos de pessoal, tanto nas unidades do IML como do IC em todo o Estado, advertindo que o plano de reestruturação da Superintendência da Polícia Técnico Científica tem por objetivo evitar o caos até 2018 e que as entidades que integram o Movimento Unificado S.O.S.

Segurança Pública contam com seu integral apoio, pois a pauta de reivindicações apresentada, sem dúvida atende as mais urgentes necessidades de todos os funcionários da Instituição.

O porta-voz do Movimento, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia, George Melão, enfatizou a necessidade do máximo apoio dos diretores de todos os Departamentos, assim como espera receber o mesmo apoio durante as reuniões já agendadas pelo Movimento com o Delegado Geral de Polícia, Yossef Abou Chahin, no dia 9/5 e com o Secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, no dia 19/5.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar