Grito de Alerta: Querem acabar com a segurança pública em São Paulo

A execução a tiros do Agente de telecomunicações Edson Aparecido Paulino, da Polícia Civil de São Paulo, no inicio da noite deste dia 26 de Setembro, logo após ele deixar o plantão da 89ºDP – Morumbi – onde trabalhava, eleva para 83 o número de policiais civis e militares vítimas da desenfreada violência, comandada pelo Crime Organizado só neste ano em São Paulo, diante da situação de inércia do Estado e consequente desmonte especialmente da Polícia Civil Paulista nos últimos anos…

Veja essa notícia na integra (folha 1)

Veja essa notícia na integra (folha 2)

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar